Fiscalização flagra falsos fisioterapeutas atuando em Salvador e municípios do interior da Bahia

0

Neste primeiro semestre, o CREFITO-7 flagrou alguns casos de falsos profissionais que desempenhavam atividade própria do fisioterapeuta sem a devida formação acadêmica ou sem inscrição no CREFITO-7, o que se configura como exercício irregular da profissão. Os flagrantes aconteceram nos municípios de Barreiras, Crisópolis, Itapetinga, Nazaré das Farinhas, Salvador, Senhor do Bonfim e Uruçuca. Em todos os casos, foi lavrado boletim de ocorrência para que as providências legais fossem tomadas contra os responsáveis.

Esses falsos profissionais causam sérios danos à saúde dos usuários dos serviços fisioterapêuticos, além de prejudicarem a atuação dos fisioterapeutas, e precisam ser penalizados conforme determina a legislação vigente. Infelizmente, alguns profissionais têm conhecimento de tais práticas em seu local de trabalho, mas não denunciam, tornando-se coniventes com a situação, o que pode lhes causar um processo ético-disciplinar junto ao CREFITO-7, se comprovado o fato.

É importante que todos, usuários, fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais, entrem em contato conosco sempre que notarem alguma irregularidade no exercício da Fisioterapia e da Terapia Ocupacional. Reiteramos que todas as denúncias enviadas para o CREFITO-7 são sigilosas e devidamente apuradas pelo Departamento de Fiscalização.

Contem conosco! Lembrem-se: fiscalizar é proteger a sociedade de falsos fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais e das más práticas profissionais.

E-mail: defis@crefito7.gov.br