O CREFITO-7 decidiu pelo cancelamento do registro profissional de um Fisioterapeuta que confessou ter sido o mandante do assassinato de uma jovem, em 2019, no interior da Bahia. O profissional encontra-se em prisão preventiva e vai a júri popular, em data a ser definida. A decisão foi tomada pelo CREFITO-7 durante as sessões de julgamento de processos éticos, ocorridas nas datas 17/02 e 18/02. O CREFITO-7 permanecerá vigilante e adotará todas as medidas necessárias para zelar pelos preceitos éticos e fazer cumprir o disposto no Código de Ética e Deontologia da Fisioterapia.

Sumário