Menos gastos. Mais investimentos.

0

Em maio de 2018, a atual gestão do CREFITO-7 revogou a Resolução CREFITO-7 nº 13/2017, que estabelecia valores de auxílios-representação, diárias e jetons acima do previsto em lei, publicando, em seguida, a Portaria nº 146/2018, que reduziu os referidos valores. Tal medida gerou uma economia de 38,63% dos gastos entre maio e dezembro de 2018 em comparação ao mesmo período do ano de 2017, ao mesmo tempo em que houve um aumento de 53,58% nos investimentos no Departamento de Fiscalização, reforçando a atuação do Conselho na proteção dos usuários de serviços fisioterapêuticos e terapêuticos ocupacionais, e na valorização dos fisioterapeutas e terapeutas ocupacionais que respeitam e lutam pelo fortalecimento de suas profissões.